Apple dá indício de que o iPhone 8 terá recarga sem fio
14 de fevereiro de 2017 – 9:00

Há algum tempo, existe a expectativa de que a Apple finalmente adotaria a tecnologia de recarga sem fio para o iPhone 8. Nenhuma evidência é mais forte do que a confirmada pela empresa nesta segunda-feira: …

Continue lendo »
AutoGuru

Brasil

Jogos

Móvel

Notícias

Home » Curiosidade, Internet, Notícias, Rede Social

Medo…? Facebook está bloqueando links para o Tsu, rede social que paga usuários

Submitted by on 29 de outubro de 2015 – 14:00

Interação

Clique em +1 e Curtir acima para nos ajudar a promover este artigo.

TSU Facebook Block

Mark Zuckerberg está com medo da concorrência…? Ao que parece, o Tsu, rede social que promete pagar seus usuários pelo conteúdo que eles compartilham, já está começando a assustar Mark Zuckerberg. De acordo com o Huffington Post, o Facebook está bloqueando links que levem à nova rede social…

O fundador do site, Sebastian Sobczak, diz que o Facebook deletou todas as menções ao Tsu da página do rapper 50Cent (que possui mais de 38 milhões de seguidores). A página de arte A Dog A Day, segundo Sobczak, recebeu o mesmo tratamento.

O fundador do Tsu afirma que a justificativa do Facebook é que a nova rede social viola termos da API do site de Zuckerberg (interface de programação de aplicação). No entanto, Sobczak não acredita nessa explicação.

Se esse fosse o caso, diz ele, “nós veríamos notificações no nosso painél, o que nunca aconteceu – aliás, nós continuamos a receber mensagens de que estamos em conformidade, mas continuamos a ser bloqueados”. Sobczak diz que os links do Tsu já foram apagados até mesmo de mensagens do Facebook Messenger – e o Tsu não possui nenhum tipo de integração com o aplicativo.

Considerando-se que o principal atrativo do Tsu é reverter 90% da renda gerada pelo conteúdo postado na plataforma aos seus usuários, faz sentido que o Facebook se sinta ameaçado. A rede social de Zuckerberg não compartilha nada do valor gerado pelas postagens dos usuários com os autores.

Esse não é o único aspecto no qual o Tsu se diferencia do Facebook. A nova rede social é semelhante ao Twitter no sentido de que não realiza nenhuma “filtragem” do conteúdo que aparece no feed dos usuários. Os posts de páginas com milhões de usuários no Facebook chegam a apenas uma fração deles, pois a rede de Zuckerberg incentiva páginas grandes a gastar dinheiro para promover seu conteúdo.

Além disso, empresas e outras páginas grandes podem usar a rede como plataforma para gerar dinheiro para caridade – 5% do valor gerado pelas postagens dela podem ser revertidos para uma instituição de caridade de sua escolha. O Tsu também afirma não compartilhar informações sobre seus usuários com nenhuma outra empresa.

Atualmente, segundo o HuffPost, o Tsu já possui cerca de 4,5 milhões de usuários – o que representa um ritmo de crescimento maior que o do Facebook e o do Twitter quando esses sites tinham a idade que o Tsu tem atualmente. Vale argumentar, por outro lado, que o Tsu já chega a um mercado no qual o produto “rede social” já é bem definido, enquanto o Twitter e o Facebook, por outro lado, ajudaram a estabelecer o produto.

Sobczak explicou que a pronúncia correta de Tsu é “sue”, que significa ‘estética ideal’ em japonês.

Fonte: Olhar Digital

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe seu comentário.