Van fura o farol vermelho e atinge em cheio o carro autônomo do Google!
26 de setembro de 2016 – 10:30

Um dos carros autônomos do Google se envolveu em um dos mais graves acidentes desde que a companhia colocou sua frota de veículos autônomos nas ruas. O acidente ocorreu no cruzamento entre as avenidas El Camino …

Continue lendo »
AutoGuru

Brasil

Jogos

Móvel

Notícias

Home » Brasil, Destaque, Hardware, Móvel, Notícias

Foxconn de Jundiaí pode entrar em greve na semana que vem

Submitted by on 26 de abril de 2012 – 17:15

Interação

Clique em +1 e Curtir acima para nos ajudar a promover este artigo.

As condições de trabalho na Foxconn sempre deram o que falar, mas até então, todas as reclamações eram de plantas localizadas na China, país onde as condições de trabalho são um tabu. Pois bem, eis que surge uma ameaça de greve na planta da Foxconn aqui no Brasil, mais especificamente em Jundiaí.

As reclamações dos mais de 2.500 funcionários são em relação a superlotação dos ônibus que levam à empresa, a qualidade da alimentação, estrutura do refeitório e à falta d’água na fábrica. O Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região informou que os trabalhadores deram um prazo de 10 dias para que a Foxconn resolva todas as questões levantadas durante a assembleia realizada na última segunda-feira.

Recentemente, a empresa contratou mais de mil funcionários, ampliando ainda mais seu quadro de colaboradores, mas simplesmente não se atentou em aumentar também sua estrutura de transporte, ou seja, os problemas começaram a partir daí. Como se não bastasse, falta água na fábrica, que teve de contratar caminhões pipa para tentar contornar mais este problema. As condições do refeitório e a qualidade da comida também são outra reclamação dos funcionários, que deram até o dia 3 de maio para que tudo esteja resolvido.

De acordo com um representante dos funcionários, a pressão feita pelos trabalhadores vem dando resultado, e a Foxconn vem desde segunda-feira atendendo aos pedidos de melhoria. Por isso, segundo ele, é provável que a paralisação não aconteça.

No dia 3 de maio (prazo dado pelo sindicato e pelos funcionários) uma assembleia será realizada para avaliar o problema, e decidir se o que tem sido feito é satisfatório.

A assessoria de imprensa da Foxconn não se pronunciou sobre o assunto.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Deixe seu comentário.